- Atividade de Estudo e Pesquisa I

Ementa: Participação regular nas atividades de pesquisa do grupo de inserção de sua temática. Considera, também, atividades como participação em eventos; apresentação em eventos científicos; seminários internos e externos; outras atividades indicadas pelo orientador.

Carga Horária: 30h

Créditos: 02

Bibliografia:

Referências a serem elaboradas a cada semestre, conforme as fases dos processos investigativos e perfil do grupo de orientandos.

 

- Atividade de Estudo e Pesquisa II

Ementa: Participação regular nas atividades de pesquisa do grupo de inserção de sua temática. Considera, também, atividades como participação em eventos; apresentação em eventos científicos; seminários internos e externos; outras atividades indicadas pelo orientador.

Carga Horária: 30h

Créditos: 02

Bibliografia:

Referências a serem elaboradas a cada semestre, conforme as fases dos processos investigativos e perfil do grupo de orientandos.

 

- Atividade de Estudo e Pesquisa III

Ementa: Participação regular nas atividades de pesquisa do grupo de inserção de sua temática. Considera, também, atividades como participação em eventos; apresentação em eventos científicos; seminários internos e externos; outras atividades indicadas pelo orientador.

Carga Horária: 30h

Créditos: 02

Bibliografia:

Referências a serem elaboradas a cada semestre, conforme as fases dos processos investigativos e perfil do grupo de orientandos.

 

- Atividade de Estudo e Pesquisa Integrada

Ementa: Participação regular do doutorando nas atividades de pesquisa em grupo que não o de sua inserção; a sua livre escolha. Objetiva-se a interação com outras questões teórico-metodológicas ampliando a formação crítico-reflexiva tendo em vista perspectivas diferenciadas na abordagem dos problemas em educação.

Carga Horária: 30h

Créditos: 02

Bibliografia:

Referências a serem elaboradas a cada semestre, conforme as fases dos processos investigativos e perfil do grupo de orientandos.

 

- Seminário de Pesquisa em Políticas Públicas

Ementa: A pesquisa no âmbito das Políticas Públicas em Educação. Questões teórico-metodológicas específicas. O processo de construção do objeto. Principais aspectos do processo de elaboração de teses. Discussão e análise dos trabalhos dos doutorandos; sugestões quanto aos seus desdobramentos, no que se refere aos fundamentos teóricos e processos de investigação.

Carga Horária: 30h

Créditos: 02

Bibliografia:

AZEVEDO, Janete L. (1988). Educação como política pública. São Paulo: Autores Associados.
BRASLAVSKY, Cecília. Dez fatores para uma educação de qualidade para todos no século XXI. São Paulo: Moderna, 2005.
CUNHA, L.A. O desenvolvimento meandroso da educação brasileira entre o Estado e o mercado. Educação & Sociedade, Campinas, v. 28, n.100, p. 809-829, out. 2007.
FONSECA, Marilia. Políticas públicas para a qualidade da educação brasileira: entre o utilitarismo econômico e a responsabilidade social. Cad. Cedes, Campinas vol. 29, n. 78, p. 153-177, maio/ago. 2009 153. Disponível em http://www.cedes.unicamp.br.
OLIVEIRA, Dalila Andrade; DUARTE, Adriana (Org.). Políticas Públicas e Educação: regulação e conhecimento. 1ª reimpressão. Belo Horizonte: Fino Traço. 2011. (Coleção Edvcere).
SOUZA, Celina. Estado do campo da pesquisa em políticas públicas no Brasil. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 18, n. 51, fev. 2003. São Paulo: ANPOCS, EDUSC, p. 15-20.
VIEIRA, Sofia Lerche. Política(s) e Gestão da Educação Básica: revisitando conceitos simples. In: RBPAE – v.23, n.1, p. 53-69, jan./abr. 2007.
FLEXOR, Georges Gérard; LEITE, Sergio Pereira . Análise de políticas públicas: breves considerações teórico-metodológicas. In: Eli de Fátima Lima; Nelson Delgado; Roberto Moreira. (Org.). Mundo rural: configurações sociais, poderes e políticas. Rio de Janeiro: MAUAD, 2007, v. 1.
FREY, Klauss. Políticas públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no brasil. Klaus Frey. Planejamento e políticas públicas. No 21 - JUN DE 2000
JACCOUD, Luciana. Questão social e políticas sociais no Brasil contemporâneo. Organizadora– Brasília : IPEA, 2005.
JANUZZI, Paulo, Indicadores sociais no brasil. Campinas: Editora Alínea, 2004. 3ª ed.

 

- Seminário de Pesquisa em Educação e Linguagens

Ementa: A pesquisa no âmbito da interseção entre Educação e Linguagens. Questões teórico-metodológicas específicas. O processo de construção do objeto. Principais aspectos do processo de elaboração de teses. Discussão e análise dos trabalhos dos doutorandos; sugestões quanto aos seus desdobramentos, no que se refere aos fundamentos teóricos e processos de investigação.

Carga Horária: 30h

Créditos: 02

Bibliografia:

AMORIM, Marília. Vozes e silêncio no texto de pesquisa em ciências humanas. Cadernos de Pesquisa, n. 116, pju.l h7o-1/ 92,0 j0u2lho/ 2002.
AUMONT, Jacques. A imagem. São Paulo: Papirus, 2004.
BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: HUICETEC, 2002. p. 31-47
BARTHES, Roland. O óbvio e o obtuso. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.
BARTHES, Roland. O prazer do texto. 6ª edição. São Paulo: Perspectiva, 2013.
BRAIT, Beth (org.) Bakhtin: conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2005. p.61-78
BRAIT, Beth. (org.) Bakhtin. Outros conceitos-chave. São Paulo, Contexto, 2006. P. 53-94
FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 8 ed. São Paulo: Loyola, 2002.
JOBIM, Solange. Infância e Linguagem: Bakhtin, Vygotsky e Benjamin. São Paulo: Papirus, 1994.

 

- Seminário de Pesquisa em Educação e CTSA

Ementa: A pesquisa no âmbito da Educação e Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente. Questões teórico-metodológicas específicas. O processo de construção do objeto. Principais aspectos do processo de elaboração de teses. Discussão e análise dos trabalhos dos doutorandos; sugestões quanto aos seus desdobramentos, no que se refere aos fundamentos teóricos e processos de investigação.

Carga Horária: 30h

Créditos: 02

Bibliografia:

AIKENHEAD, G.; RYAN, A .G. The development of a new instrument views in Science – Technology – Society (VOSTS). Science Education, v. 76, n. 5, 1992. p. 477-791.
AULER, D. e BAZZO, Walter A. Reflexões para a Implementação do Movimento CTS no Contexto Educacional Brasileiro. Revista Ciência e Educação, v.7, n.1, p.1- 13, 2001.
BOURDIEU, Pierre. Os usos sociais da ciência: por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: UNESP, 2004.
CEREZO, Antonio L. Ciência, Tecnologia y Sociedad: el estado de la cuestión em Europa y Estados Unidos. Revista Iberoamericana de Educación, n. 18, 1998. p. 41-68
HERRERA, Almícar. Novo enfoque do desenvolvimento e o papel da ciência e tecnologia. In: DAGNINO, Renato; THOMAS, Hernán (Orgs.) Ciência, tecnologia e sociedade: uma reflexão latino-americana. Taubaté, SP: Cabral Editora e Livraria Universitária, 2003. p. 25-45
KRASILCHIK, Mírian. Reformas e realidade: o caso do ensino de ciências. São Paulo em Perspectiva, v. 14, n. 1, 2000.
NARDI, R. (Org). A Pesquisa em Ensino de Ciências no Brasil: alguns recortes. São Paulo: Escrituras Editora, 2007.
PINTO, Álvaro Vieira. A tecnologia. Volumes 1 e 2. Rio de Janeiro: UFRJ, 2009.
SANTOS, Wildson Luiz Pereira. Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação v. 12 n. 36 set./dez. 2007.
ZIMAN, John. Conhecimento Público. São Paulo: Itatiaia, USP, 1981.

 

- Seminário de Pesquisa em Formação e Práticas Docentes

Ementa: A pesquisa no âmbito da Formação e Práticas Docentes. Questões teórico-metodológicas específicas. O processo de construção do objeto. Principais aspectos do processo de elaboração de teses. Discussão e análise dos trabalhos dos doutorandos; sugestões quanto aos seus desdobramentos, no que se refere aos fundamentos teóricos e processos de investigação.

Carga Horária: 30h

Créditos: 02

Bibliografia:

GOODSON, Ivor F. Currículo: teoria e história. Petrópolis: Vozes, 1995.